A Democracia das Cusparadas

Já se passaram décadas, ou talvez séculos, desde a primeira cusparada em um adversário político após a criação da democracia.

Claro o ato de cuspir não se resume apenas aos entreveros políticos, isso pode significar apenas asco por um gosto ruim na boca, como aquele “catarrinho” alojado na sua garganta devido a uma gripe ou simplesmente um ato para mostrar o seu nojo pela pessoa com a quela você debate, discuti ou simplesmente não concorda com a posição dela comparado à sua.

A mais recente e famosa é claro que foi a enviada em direção ao deputado Jair Bolsonaro, enviada com toda a paixão pelo, também deputado, Jean Willys. Ijean-wyllys-cuspesso aconteceu logo após o segundo votar contra o impeachment da presidente Dilma, no último dia 17 de abril de 2016. O alvoroço causado pelo ato foi gigantesco, talvez até mais importante do que visar a péssima frase de Bolsonaro em apologia a um torturador. Para mim, talvez tenham o mesmo peso em observando a fator político do momento.

O momento político parece estar acirrando cada vez mais as atitudes do ser humano brasileiro, seja ele a favor ou contra o impeachment, o governo, a Dilma, o PT, o PSDB, o Temer, o PMDB, o Aécio, a Globo, a tia do cachorro quente ou mesmo ao planeta Terra.

Os ânimos estão acirrados e pudemos observar isso através de uma discussão entre  ator global, petista convicto, José de Abreu e um cliente de um restaurante em São Paulo, aparentemente um advogado, e que segundo o ator em uma postagem, deve ser um  grande defensor do PSDB. José de Abreu comentou o seguinte:

“Acabei de ser ofendido num restaurante paulista. Cuspi na cara do coxinha e da mulher dele! Não reagiu! Covarde. Advogado carioca… O covarde perdeu a linha, deve ter cagado nas calças. Cuspi na sua cara, na cara da mulher dele e ele não reagiu. Covardes fascistas. Adorei o entrevero com o coxinha. Fujão covarde levou uma cusparada na cara e a mulher levou outra. Fascistas são tratados assim.”

Bom, o vídeo abaixo mostra a discussão já em andamento, mas quase ao seu final podemos ver o ator enviando o seu asco diretamente na cara da esposa do advogado e do mesmo em sequência. Será que era necessário chegar nesse ponto?

De qualquer maneira, o fato demonstra o ponto em que estamos em nossa sociedade. Tudo foi dividido e quem não está a favor do governo se tornou inimigo número um de quem é a favor do mesmo governo.
A palavra golpe se instalou no dia a dia da população, assim como o impeachment é outro ato do qual a grande maioria da população espera ver ao final de tudo o que está acontecendo. Pelo menos 70% da população brasileira deseja ver a Dilma fora do governo.

O golpe, seja qual ele for, aparentemente está destinado a nocautear a sociedade brasileira, que nem mesmo em tempos de Collor ou ainda no governo militar esteve tão dividida como se encontra hoje. Uma fila de gladiadores prontos para entrar em luta, com sangue nos olhos e poucos estão abertos a diálogos para entender o outro lado.
Isso afeta demais o conceito de democracia que deveríamos estar vivendo, pois é assim que a nossa sociedade brasileira é regida. A censura parte de ambos os lados, os debates se tornam discussões de forma rápida e (pessoalmente tenho observado) pessoas preferem quase usar de atitudes violentas entre amigos (ou ex-amigos) do que manter uma conversa enriquecedora para ambos os lados.

O que acontece hoje é um lado apresentar os erros do outro e no final ninguém alcança o melhor resultado de todos: uma pátria equilibrada onde todos ganham.

Sim, não importa o lado que você defende, no final ou vamos viver melhor ou vamos empobrecer da pior forma.

Infelizmente a população está tomando o lado, esquerda ou direta não importa, que na realidade não está preocupado com o resultado de tudo isso para quem mais importa: a população. Sim, enquanto estamos todos apoiando ou vaiando o governo, os lados políticos estão preocupados com as lacunas que vão ficar para que eles possam lucrar de alguma maneira, enquanto a sociedade ( o povão mesmo) estará definhando cada dia mais com a economia em queda, a educação em frangalhos, a saúde agonizando, a nossa infraestrutura desabando.

A população é que vai sofrer até o final desse resultado. Este ano de 2016 temos as eleições municipais (prefeitos e vereadores), em 2018 teremos as eleições nacionais (governadores, presidente, deputados estaduais, deputados federais e senadores) e são estes que mais uma vez serão escolhidos para nos representar em todos os estágios do governo. São eles que DEVEM votar as leis que vão melhorar a nossa vida, será que alguém está olhando bem nas possíveis escolhas, na ficha suja de quem estará concorrendo nestas eleições.
A memória do brasileiro precisa melhorar muito mais, porque enquanto ficamos apenas olhando a vida passar, reclamando das leis (ou da falta delas), reclamando da falta de condições dignas de vida, estes senhores de terno e gravata estão lucrando (por corrupção ou não) as nossas custas – muitos deles com salários exorbitantes e sem trabalhar por uma semana inteira, com carga horária decente.

O brasileiro precisa acordar e aprender mais sobre política e escolher não se é de direita ou de esquerda, ou mesmo centro, mas sim precisa aprender escolher o seu próprio lado. O brasileiro precisa aprender a cobrar seus governantes, precisa aprender a cobrar os seus direitos e acima de tudo o seu bem estar.

Em resumo, as cusparadas estão indo do jeito errado e para as pessoas erradas. Não precisamos das cusparadas e sim de debates, conversas e aprendizado.

Aquele gigante precisa acordar de novo…e nunca mais dormir!!!

Anúncios

Lula: Ministro ou não??

Está bem complicado entendermos como está funcionando esta nova função de Luis Inácio da Silva, o Lula, neste momento do governo Dilma.

O que deveria tomar posse no dia 22/03/2016, acabou sendo antecipado para o dia 17/03/2016 e deste dia em diante foi um tal de ter posse ou não do cargo que, acredito eu, nem o mais pessimista contrário ao mesmo estaria esperando por isso tudo.
Pouco depois de assumir, ele recebeu a notícia, de que em um vara de Brasília, ele não seria ministro. No mesmo dia outra liminar no Rio de Janeiro dizia o mesmo. Assim terminou o dia 17, no dia 18/03 ele finalmente derruba as duas liminares e iria terminar a semana como ministro, mas logo no fim da sexta-feira, o Lula fica sabendo que não seria ministro porque um juiz no interior de São Paulo, na cidade de Assis, soltou uma liminar dizendo que ele não poderia assumir a pasta da Casa Civil.
Só que o dia não poderia acabar com um notícia pior, mesmo recebendo o apoio dos seus partidários na Avenida Paulista, e algumas outras cidades, o ministro do STF, Gilmar Mendes, confirmou que ao entender dele, o Lula não pode ser ministro. Vou comentar essa parte mais abaixo…

Enfim, se ele achava que não seria ministro apenas no final de semana, acabou descobrindo que até o dia 30/03/2016 ele não vai ser nada além de ex-presidente e ponto final. Isso pelo fato dos ministros do STF só terem esta data agendada para a próxima reunião, na qual PODERÁ ser que seja julgado e definido de uma vez toda essa situação.

Os argumentos usados por Gilmar Mendes seguem o caminho dos grampos feitos à pedido do juiz Sérgio Moro, aqueles mesmos que a Dilma e o Lula dizem serem inconstitucionais, mas que foram autorizados pelo promotor federal Janot, que inclusive tinha a ciência da liberação de todas as gravações pelo juiz e não impediu nada.
Nos argumentos de Gilmar Mendes, ele usa não só a gravação do “papel encaminhado com o Messias”, mas outras conversas que deixam claras que existia um plano de salvar o Lula da cadeia através da nomeação dele como ministro e ir para foro privilegiado no STF, no qual ele e o governo teriam uma visão de que tudo poderia ser salvo, com a ajuda do novo Ministro da Justiça.

A mais famosa gravação, que foi usada a exaustação pela imprensa e que Dilma está puta da vida com a suposta distorção de seu conteúdo, poderia não ser válida após confirmações de documentação que o Janot ainda terá que avaliar quando retornar da Europa, mas a Dilma (e o governo) deram um tiro no próprio pé quando em rede nacional ela deixa claro que é ela na gravação e tenta se explicar de todas as formas possíveis, ele deu munição para o “inimigo” e não haverá o que pode ser feito para contestar tais alegações, principalmente ao juntar com gravações mais antigas obtidas em horas de conversas salvas através dos grampos realizados em diversas linhas ligadas ao Lula e ao seu instituto.

Algo que é preciso deixar claro, inclusive confirmado em entrevista feita na Europa pelo promotor Janot, é que as gravações foram obtidas através de ligações feitas de (e para) as linhas grampeadas do Lula, que nenhuma linha telefônica da Dilma foi, seja pessoal ou profissional, grampeada à pedido do juiz Moro em primeira instância, até porque isso só poderia ser autorizado pelo STF e ninguém mais.

O que podemos entender é que nos próximos dez dias o Lula não será ministro, assim poderá ser preso a qualquer momento e por qualquer motivo que as investigações e processos da Lava Jato indiquem ser relevante chegar a este ponto. O juiz Moro tem o pedido em mãos feito pelo Ministério Público de São Paulo, com as provas documentais encontradas no apartamento do Lula pela PF, sobre o sítio e comprovando mais algum detalhe, é muito provável que o Lula possa ser levado para um sela antes do dia 30/03.
Será tudo feito, com certeza, dentro da lei e da constituição, que eles ainda insistem em dizer que foi inconstitucional e ilegal.

A confusão está longe de acabar, principalmente quando vemos especialistas em leis, advogados, professores e outros debatendo e apresentando visões de que um lado ou outro está certo ou errado. O debate está aberto e será complicado achar um caminho ao qual todos aceitem de bom grado.

Lembrando que com o processo de impeachment aberto, caso venha o mesmo a ser efetivado e que a Dilma perca o seu cargo, tanto ela perde os seus privilégios e poderá responder por tudo o que vem sendo apresentado nos últimos dias, inclusive apontado pelo Ministro Gilmar Mendes quanto a ilegalidade da forma que ela conduziu Lula ao cargo de ministro, assim como o próprio Lula, mesmo que consiga assumir o cargo efetivamente, poderá perder todos os privilégios também no momento que o Temer assumir, porque é praticamente certo de que ele não continuará no cargo de ministro após o impeachment.

E outro fator que vai encaminhar um pouco mais as coisas são a situação de apoio ou não do PMDB na próxima semana.

Está claro que os próximos dias serão complicados e a política brasileira ainda vai dar muitos nós na mente de todo mundo pelo Brasil, assim como no exterior visto que muitos estão tendo complicações para entender tudo o que acontece e como acontece aqui na nossa República das Bananas.

PROMO

Seu currículo ajuda ou atrapalha na busca de um emprego?

Em tempos de crise, desemprego em massa e preocupação com quem ainda vai estar garantido no mercado de trabalho, o que mais vemos são pessoas com suas pastas embaixo do braço carregando currículos impressos, perdendo horas em filas para tentar uma vaga de emprego, antes existia a preocupação de escolher e hoje a preocupação é apenas de conseguir garantir uma vaga.

A questão é que o modelo tradicional está morto. Morto e não vai mais voltar sem dúvida alguma.  O currículo ainda é importante, mas ele mudou de formato, acabou aquela coisa de ir em uma livraria e comprar um pedaço de papel e escrever à mão, assim como aquela folha em branco impressa com o mesmo conteúdo. O padrão mudou, ele precisa ser atualizado e poucos perceberam essa mudança, principalmente com a tecnologia disponível e tantas opções digitais para saber quem você é, o que você pensa, como você pode pensar e agir em diversas situações.

Quer ser conhecido hoje? Quer apresentar quem você é? O que você pensa? Então comece a se mostrar em suas redes sociais como você é, seja sincero em suas postagens, ostente menos e mostre mais conteúdo. Antes no currículo feito a mão não havia espaço para nada, sem espaço para apresentar você e muito menos demonstrar suas qualificações de forma qualitativas e quantitativas.
Hoje, a internet faz você ser uma pessoa digitalmente fácil de ser encontrada, só não será encontrado se você não tiver um perfil em alguma rede social ou se usa outro nome. Isso sem considerar que sites como o LinkedIn te dão oportunidades de encontrar um novo emprego, abrir um negócio, construir uma reputação profissional e exponencialmente se destacar com tudo o que de melhor você pode demonstrar de você. Por sinal, se você ainda não tem um perfil sério e completo por lá, com todos os seus atributos profissionais, está esperando o que??
Com todas as possibilidades digitais, você pode se aproximar de muitos cursos online, gratuitos e através de tantos e-books ficar mais próximo do conhecimento que antigamente não poderia ter sem existir uma faculdade gratuita, um curso profissionalizante gratuito e tantos mais oportunidades que existem. Raramente você vai encontrar uma profissão que ainda não esteja devidamente amparada, de alguma forma, em algum curso em pelo menos 2 ou 3 escolas diferentes. Então mãos a obra, procure por cursos online, cursos gratuitos, faculdades gratuitas e leia muito livros técnicos, profissionais e e-books. Claro, não deixe de pesquisar bem onde você está entrando, tem muita picareta em qualquer lugar, mesmo de forma gratuita, com conteúdos fajutos.

A triste realidade é que o currículo escrito a mão ou impresso só tem um destino, a lata do lixo em pouco tempo (muitas empresas no passado seguravam até uns 3 meses dos melhores, os piores nem 2 semanas). Não é que a empresa não vai se lembrar do seu papel lá no arquivo, é que na verdade será mais fácil anunciar a vaga e se você ainda estiver desempregado vai aparecer por lá de novo, participar de um processo ou entregar um currículo de novo, afinal se não tinha uma vaga aberta naquela primeira vez, muito provavelmente o seu currículo não passou por uma inspeção rigorosa e a gestão desse currículo não foi das melhores para que alguém volte a consultar.

Um currículo para causar uma excelente impressão tem dois caminhos: você é muito bom ou exagerou demais os fatos e acrescentou algumas doses de exagero profissional. Qual seria o seu verdadeiro perfil? Pode não acreditar, mas não é aquele que está no papel, mas sim aquele que você demonstra nas redes sociais, sociabilizando com as pessoas no dia a dia. Esse é o seu verdadeiro perfil, pois os títulos, cursos e prêmios não vão valer de nada se no final você não tiver um perfil ideal para aquela posição. Acredite em mim, isso é mais claro do que água pura e cristalina, por isso é melhor agir de forma como você é, ser sincero em seus atos, em quem você apresenta nas redes sociais e no seu dia a dia, saiba como vender o “eu” de verdade e tudo poderá facilitar muito mais. Afinal de contas, por que você acha que muitas empresas pedem para cadastrar o seu perfil de facebook, twitter entre outras redes atualmente em um currículo online? Não é para te adicionar e ficar como mais um amigo ou mesmo usar como espaço de marketing, a empresa quer saber quem você é, a empresa precisa saber como você pensa e age fora do horário de trabalho, como você socializa-se com as pessoas fora do ambiente de trabalho. Por isso não tenha medo de divulgar o seu perfil e deixar ele aberto para todas as pessoas, se você não tem medo de se esconder, é muito provável que você não tenha medo de demonstrar quem é você de verdade.

Mas vamos com calma, LinkedIn, Facebook, Twitter e demais redes sociais não são um currículo digital, eles são apenas um reflexo de você, mas não são você. Já pensou em pesquisar o seu nome no Google? Quais são os links que vão aparecer (opa, podem aparecer pessoas com o seu nome nas pesquisas que não seja você também e por isso é sempre bom ter boas fotos suas para que as pessoas saibam diferenciar cada um)?

Hoje a internet te representa, principalmente porque todo mundo demonstra online como é entre amigos, mostra o que pensa e mesmo que ache que não demonstre é só olhar nas páginas que você curte, nos grupos que você faz parte e um pouco do seu “EU” vai estar surgindo e um modelo interessante de caráter vai sendo formado para as pessoas do RH da empresa que pode estar querendo te contratar.

Aquele seu currículo enviado por e-mail hoje, só vai demonstrar para a empresa um “oi, estou aqui e quero a vaga”, mas não vai te dar uma chance oficialmente de conseguir a vaga sem uma entrevista, sem um cara a cara e uma boa conversa. Por isso é muito importante também que treine leitura, são os livros que estarão lhe trazendo um background de qualidade na dicção e conversação. Ler/ver notícias é importante para que você forme sua opinião e demonstre em tudo que está a sua volta, pelo menos o que te atinge já é uma grande demonstração de cultura. A imagem também é preocupante para determinadas vagas, ninguém vai te contratar chegando de bermudão, barba por fazer e querendo virar um executivo.

Pessoalmente, o meu perfil no facebook é de fácil acesso, assim como o meu perfil no twitter (olha ele ali do lado). Nos meus perfis você vai encontrar a minha pessoa sem problemas, vai saber o que gosto de fazer, assistir, ler, curtir, acompanhar, escrever e tudo mais. Por tal questão, eu não tenho medo de colocar se for pedido os meus perfis para uma empresa analisar, por isso pense bem como você é online e descubra se ali você está sendo você ou se está aquilo que seus amigos esperam de você. Seja você mesmo, apresente o seu jeito de ser sem medo, melhor que isso só tendo o melhor currículo de todos (e sem mentir).

Ok, agora o principal de tudo. Não é apenas existir online, mas sim usar do seu networking como antigos amigos de trabalho, faculdade, infância, cursos e todos mais que você conheceu no seu caminho até hoje. Eles tem perfil nas redes sociais? Então vai agora mesmo procurar por cada um, convide eles e converse sempre que possível. Faça com que eles se lembrem de você, mostre o que você tem feito, o que pode fazer e o que quer fazer. Só que essa via não é de apenas uma mão, lembre-se que ali do outro lado tem outra pessoa, pense em como ajudar ele, se interessar nele e não faça isso apenas por interesse seu, mas sim porque você se importa.
No momento exato, você vai poder precisar dele e vice-versa e assim sendo, você deve estar ali conversando sempre que possível, mostrando interesse nele, na vida dele (e claro sem fazer isso a cada cinco minutos por favor).

Não sabe o que é networking? Então confira uma antiga postagem sobre esse assunto aqui.

Então para finalizar, capriche nos seus perfis online, faça da internet a sua imagem e não o inverno. Mostre o seu verdadeiro eu, não tenha medo de deixar claro que você é humano e que tem interesses e que isso não vai afetar o seu lado profissional.

E o currículo afinal de contas?? Eu te disse que eles está morto né? Sim, em 90% dos casos está mesmo, até porque mesmo as pequenas empresas também tem e-mails para receber o seu currículo e as que não tem são aquelas que nem devem saber que a internet foi inventada ainda. Capriche na versão digital dele, procure os melhores sites e cadastre ele online (sem mentiras e exageros), envie para os e-mails das empresas que divulgam e querem receber alguma coisa e de resto fique atento aos anúncios (os verdadeiros e não os falsos) e filtre tudo muito bem para conseguir algo.

A crise não está fácil para ninguém, se trabalhando tudo está complicado, desempregado se torna o inferno, mas continue procurando que logo surge alguma coisa com certeza.

Procure por sites como as opções abaixo:

Catho – http://www.catho.com.br
SINE – http://www.sine.com.br
BNE – http://www.bne.com.br
Manager – http://www.manager.com.br
Empregos.com – http://www.empregos.com.br
Vagas – http://www.vagas.com.br

E não vamos esquecer de criar o perfil completo no LinkedIn e procurar pelas vagas disponíveis em empresas em todo o país e até fora.

Boa sorte!!!

PROMO

 

 

 

 

Comprar pela internet cada vez mais caro

A internet facilita a vida de todos que nela estão inseridos, seja você um consumidor ou um comerciante. Este espaço aos poucos vem sendo cada vez mais “preso” pelo governo brasileiro de N maneiras diferentes, com leis que querem te obrigar a postar o seu CPF a cada vez que vai escrever alguma coisa em uma rede social até mesmo encarecer as vendas na internet, através dos sites de e-commerce, com novas tributações e ainda mais complicadas. As grandes empresas tem uma maior facilidade em estar seguindo com as novas tributações, pois estes tem grandes equipes para cuidar de diversos setores, mas ao contrário destes, os pequenos e micros empresários já estão sofrendo um imenso impacto desde o primeiro dia de 2016.

As compras na internet não tem horário de abertura de loja, funcionando 24h por dia a qualquer momento do dia, sem feriado e com um atendimento as vezes mais rápido que as lojas físicas, possuindo até mesmo produtos quase que de forma exclusiva.
Com tudo isso, o aumento das compras pela internet, pela facilidade em receber esses pedidos e as formas de pagamentos muito mais rápidas, sem precisar de filas, atrai cada vez mais compradores.
Um dos grandes diferenciais era exatamente a baixa tributação e isso começa a mudar muito. O ICMS agora se tornou uma briga imensa entre órgãos do governo, representantes do SEBRAE, Ministério da Fazenda e associações em prol do e-commerce.

O que deve acontecer daqui por diante é uma confusão até que tudo esteja bem explicado e regulamentado, o que no Brasil nunca é feito antes de colocar em prática e com isso muitos são afetados de forma errônea e com isso perdendo oportunidades de aquisição ou venda.

É provável, se não certo dizer que é óbvio, que muitos podem fechar seus sites de e-commerce exatamente porque a competição vai ser complicada de se manter, principalmente com as grandes lojas online e os pequenos empresários. As lojas físicas agradecem também esses problemas apresentados nesse começo de ano.

O Brasil que vive tempos péssimos, economicamente e politicamente falando, dá mais um exemplo de que não sabe como melhor a sua saúde financeira sem que isso custe a oportunidade de muitos empresários, mas agora também chegando no mundo digital e destruindo muitas oportunidades de crescimento financeiro de pequenos empreendedores que tinham tudo para poder aumentar os seus negócios com o tempo.
O descaso político continua fazendo estrago e provavelmente não vai parar tão cedo com certeza, não enquanto tivermos sendo controlados por uma corja que não sabe o que está fazendo e com isso prejudicando todas as pequenas oportunidades que se pode encontrar  para sobreviver.

Para saber mais sobre as taxações de ICMS sobre o e-commerce no Brasil, recomendo acompanhar os seguintes sites: E-Commerce Brasil e Profissional de E-Commerce.

Abaixo um vídeo de uma matéria apresentada no Jornal Nacional explicando o caso.

PROMO

 

Justiça x Whatsapp

A justiça brasileira, nesse caso a paulista, mais uma vez apresenta como a questão de um pode ser prejudicial a um número de milhões.

A justiça em São Bernardo do Campo, que faz parte da Grande São Paulo, atendendo pedido do Ministério Público, cedeu bloqueio do aplicativo por 48 horas. Tudo porque não foi dado acesso ao aplicativo por seus proprietários, no caso os mesmos donos do Facebook. O Ministério Público em processo de uma investigação exigia as informações de algumas contas, como as mesmas não foram liberadas, a justiça de SBC decidiu pedir o bloqueio do aplicativo.

Na manhã de hoje, dia 17 de dezembro de 2015, a justiça liberou o desbloqueio, menos de 12h depois, exatamente apresentando o contexto de que milhões não devem pagar pela falha de poucos.

O Facebook sentiu pela atitude, mostrando que no Brasil a democracia não existe de verdade, que a sociedade está a mercê da vontade de poucas pessoas. Um fato que devemos apontar é que: sim, vivemos uma democracia controlada por senhores/senhoras que ainda possuem uma mentalidade controladora, retrógrada e que no final das contas querem decidir por milhões.

Não podemos discordar de que é preciso sim um controle contra pessoas que usam determinadas redes sociais para questões contra lei, mas nem por isso os demais usuários precisem ser proibidos de usar as suas contas nas mesmas redes sociais.

A justiça brasileira, ao ver deste blog, deixa claro que ainda não entendeu como usar determinadas ferramentas de uma forma mais adequada, sem proibir o acesso de milhões de inocentes por “meia dúzia” de culpados.

É lamentável que as leis no Brasil ainda sigam um caminho que interessa aos poderosos, que está refém da vontade pessoas que não acompanham de forma correta as próprias leis que este país aprova. Por mais que existam pontos que não concorde dentro do Marco Civil da Internet, este bloqueio vai totalmente contra uma lei brasileira. Perguntamos: quem vai prender quem usa lei para infringir a lei?

Qual é o seu desastre?

A imagem abaixo é um bom exemplo de como tenho acompanhado as redes sociais nos últimos 3 dias.
Os brasileiros, não todos claro, tomaram uma dose de patriotismo desenfreado apostando qual a tragédia mais importante em um momento onde em todos os lugares existem pessoas sofrendo por perdas, acreditando que o simples uso de uma bandeira em um perfil de rede social faz da pessoa que está usando um antipatriota. Será que seria isso uma verdade? Será que isso tudo seria tão necessário??
Concordo que não podemos falar apenas de um lado, esquecendo de outros, mas sim isso aconteceu, exatamente com as pessoas que estão bradando contra o uso da bandeira francesa por muitos outros brasileiros. Sim, é isso mesmo…você que está tão focado na desgraça nacional, acredita que por estar acontecendo em seu país é muito mais importante do que outra situação que tenha acontecido em outro país. Sabe isso é uma pena, pois todas as situações tem o mesmo peso e dentro de seus envolvimentos o mesmo impacto para todos os países.

O que aconteceu em Mariana, afeta essencialmente o Brasil, mas pode gerar um impacto ambiental que pode trazer maiores problemas para o ecossistema de todo o mundo, de uma forma mais impactante ou não. Assim como os ataques terroristas na França na última sexta-feira, dia 13 de novembro, também impactam em nosso dia a dia aqui no Brasil. Será que todo mundo esqueceu que vamos receber pessoas de todo o mundo daqui 6 meses em nosso país??
Será um momento que vamos estar de portas abertas para praticamente todos os países, com atletas, imprensa e torcedores, Alguém aqui acredita que não seria um momento ideal para um ataque terrorista? Pois é, você sabia também que o Estado Islâmico (daqui por diante usando apenas a sigla EI) já foi acusado de estar tentando recrutar brasileiros no começo deste ano? Você acha isso uma coincidência? Para mim, essa palavra não existe quando o assunto é terrorista.

Nós aqui no Brasil temos sorte de não vivermos esse tipo de temor diariamente, mas isso vai mudar em 2016, por pelo menos 50/60 dias será algo que não poderá desapercebido de todos nós. Assim como devemos ter como entendimento que se o Brasil disser que vai colocar um soldado em campo contra um membro do EI, já que nossa presidente já confirmou na Turquia, durante o encontro do G20, que o terrorismo deve ser brutalmente atacado, então o país se tornaria também alvo do EI.

Mas independente de tudo isso, voltando ao cerne principal, não podemos pesar que um desastre dentro do nosso país é mais importante do que as mortes na África como um todo, no Egito, no Líbano e outros países que estão sofrendo com essa mentalidade islâmica do terror são menos importantes que o que acontece aqui.
Estamos em um momento crucial da existência humana, seja por guerras que ainda não tomaram um formato maior, seja por questões climáticas ou ecológicas, mas a qualquer momento a situação vai piorar e todos vamos sofrer por igual.

Quer comparar desastres? Então vamos olhar para o continente africano, onde é uma região que morrem muito mais pessoas que o Brasil sem nenhum tipo de desastre e então tem certeza que devemos comparar? Você não acha que está sendo hipócrita com isso?

Toda a pessoa é livre para ter solidariedade com a situação que ela achar mais impactante, apesar de não parecer ainda vivemos em um país livre e enquanto assim podermos viver, vamos dar o direito das pessoas escolherem esse caminho. Não, não quer dizer que uma pessoa que, aparentemente, demonstrou maior preocupação naquele instante com um caso, não significa que a pessoa não está focada em entender o que acontece com outros fatos, dentro ou fora do próprio país.

Agora algo muito importante que TODO brasileiro precisa aprender de forma urgente: APRENDER A SER PATRIOTA. Isso não quer dizer que ninguém saiba, claro que até sabem, mas não estão sabendo como usar e muito menos como seguir de forma correta. O povo brasileiro parece que não consegue demonstrar uma unidade como pátria, até porque entre si conseguem ser preconceituosos e como podem achar que podem brigar em redes sociais por uma união?
A liberdade que o Brasil tem hoje, ainda não é bem utilizada e com a mentalidade de muitos acharem que certos líderes políticos são a saída para resolver determinados problemas, eu tenho a certeza que censura e ditadura são palavras que vão acabar voltando logo para o nosso vocabulário, mas não falando de outros países, mas sim do próprio Brasil.

11231027_544792765686634_8215721727382424880_n