Qual é o seu desastre?

A imagem abaixo é um bom exemplo de como tenho acompanhado as redes sociais nos últimos 3 dias.
Os brasileiros, não todos claro, tomaram uma dose de patriotismo desenfreado apostando qual a tragédia mais importante em um momento onde em todos os lugares existem pessoas sofrendo por perdas, acreditando que o simples uso de uma bandeira em um perfil de rede social faz da pessoa que está usando um antipatriota. Será que seria isso uma verdade? Será que isso tudo seria tão necessário??
Concordo que não podemos falar apenas de um lado, esquecendo de outros, mas sim isso aconteceu, exatamente com as pessoas que estão bradando contra o uso da bandeira francesa por muitos outros brasileiros. Sim, é isso mesmo…você que está tão focado na desgraça nacional, acredita que por estar acontecendo em seu país é muito mais importante do que outra situação que tenha acontecido em outro país. Sabe isso é uma pena, pois todas as situações tem o mesmo peso e dentro de seus envolvimentos o mesmo impacto para todos os países.

O que aconteceu em Mariana, afeta essencialmente o Brasil, mas pode gerar um impacto ambiental que pode trazer maiores problemas para o ecossistema de todo o mundo, de uma forma mais impactante ou não. Assim como os ataques terroristas na França na última sexta-feira, dia 13 de novembro, também impactam em nosso dia a dia aqui no Brasil. Será que todo mundo esqueceu que vamos receber pessoas de todo o mundo daqui 6 meses em nosso país??
Será um momento que vamos estar de portas abertas para praticamente todos os países, com atletas, imprensa e torcedores, Alguém aqui acredita que não seria um momento ideal para um ataque terrorista? Pois é, você sabia também que o Estado Islâmico (daqui por diante usando apenas a sigla EI) já foi acusado de estar tentando recrutar brasileiros no começo deste ano? Você acha isso uma coincidência? Para mim, essa palavra não existe quando o assunto é terrorista.

Nós aqui no Brasil temos sorte de não vivermos esse tipo de temor diariamente, mas isso vai mudar em 2016, por pelo menos 50/60 dias será algo que não poderá desapercebido de todos nós. Assim como devemos ter como entendimento que se o Brasil disser que vai colocar um soldado em campo contra um membro do EI, já que nossa presidente já confirmou na Turquia, durante o encontro do G20, que o terrorismo deve ser brutalmente atacado, então o país se tornaria também alvo do EI.

Mas independente de tudo isso, voltando ao cerne principal, não podemos pesar que um desastre dentro do nosso país é mais importante do que as mortes na África como um todo, no Egito, no Líbano e outros países que estão sofrendo com essa mentalidade islâmica do terror são menos importantes que o que acontece aqui.
Estamos em um momento crucial da existência humana, seja por guerras que ainda não tomaram um formato maior, seja por questões climáticas ou ecológicas, mas a qualquer momento a situação vai piorar e todos vamos sofrer por igual.

Quer comparar desastres? Então vamos olhar para o continente africano, onde é uma região que morrem muito mais pessoas que o Brasil sem nenhum tipo de desastre e então tem certeza que devemos comparar? Você não acha que está sendo hipócrita com isso?

Toda a pessoa é livre para ter solidariedade com a situação que ela achar mais impactante, apesar de não parecer ainda vivemos em um país livre e enquanto assim podermos viver, vamos dar o direito das pessoas escolherem esse caminho. Não, não quer dizer que uma pessoa que, aparentemente, demonstrou maior preocupação naquele instante com um caso, não significa que a pessoa não está focada em entender o que acontece com outros fatos, dentro ou fora do próprio país.

Agora algo muito importante que TODO brasileiro precisa aprender de forma urgente: APRENDER A SER PATRIOTA. Isso não quer dizer que ninguém saiba, claro que até sabem, mas não estão sabendo como usar e muito menos como seguir de forma correta. O povo brasileiro parece que não consegue demonstrar uma unidade como pátria, até porque entre si conseguem ser preconceituosos e como podem achar que podem brigar em redes sociais por uma união?
A liberdade que o Brasil tem hoje, ainda não é bem utilizada e com a mentalidade de muitos acharem que certos líderes políticos são a saída para resolver determinados problemas, eu tenho a certeza que censura e ditadura são palavras que vão acabar voltando logo para o nosso vocabulário, mas não falando de outros países, mas sim do próprio Brasil.

11231027_544792765686634_8215721727382424880_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s