Brasileiro executado na Indonésia

PROMO

Hoje o brasileiro Rodrigo Muxfeldt Gularte foi executado na Indonésia.

Encerra-se mais uma capítulo do envolvimento político entre Brasil e Indonésia, mostrando mais uma vez que o nosso governo federal defendeu, até o último segundo, a proteção da vida de um cidadão brasileiro. Até esse momento tudo bem, devemos ter isso em mente mesmo, mas não podemos esquecer o principal fator que é a acusação real de tráfico de drogas em flagrante de Rodrigo.

Sabe-se muito bem que a pena para esse tipo de delito na Indonésia é a pena de morte e olhando por esse prisma temos a certeza de que por mais que o Brasil tentasse, nunca iria conseguir convencer um país a mudar a sua decisão. Isso é ir contra a soberania e leis da Indonésia – ou de qualquer país.

A prisão de Nusakambangan foi o local da execução do brasileiro e de outros 8 acusados pelo mesmo crime. Destes apenas uma filipina foi poupada, porque foi provado que existe dúvidas quanto a sua culpa.

A família dele tentou o tempo todo conseguir a isenção da pena, alegando que o mesmo era esquizofrênico. Certo, mas doente ou não, ele tinha plena consciência de que levar 6 kg escondidos em pranchas de surfe era errado, era contra as leis e que podia pagar com a vida se fosse pego…e foi!!

Mais uma vez, o presidente indonésio mostrou a sua força frente a pressão internacional, já que dois australianos, três nigerianos, um ganês e um indonésio também foram executados ao lado do brasileiro hoje. Palmas para ele, por fazer cumprir as leis de seus país.

O presidente da Indonésia, Joko Widodo
O presidente da Indonésia, Joko Widodo

O Brasil precisa entender que existe uma necessidade imensa de justiça, seja lá na Indonésia ou aqui, e está na hora disso começar a acontecer. Vejam quantas mortes são ligadas ao tráfico, seja direta ou indiretamente.

Existem provas suficientes para vermos que o tráfico é um dos maiores males do Brasil hoje, junto com a corrupção, dominando cidades inteiras – inclusive capitais como o Rio de Janeiro. Os governos, tanto estaduais quanto federal, não demonstram potencial algum de conseguir combater isso no Brasil, vemos os direitos humanos brigando contra qualquer opinião a favor da pena de morte, mas não demonstram outras formas de contribuir para que tudo isso melhore.

O tráfico é um dos grandes cânceres expostos de uma sociedade como o Brasil, mas se torna ainda pior quando vemos a forme veemente como o nosso governo tenta usar de todos os recursos possíveis para salvar a vida de um traficante fora do país…ele foi considerado culpado, não tem questão. Por isso se fez cumprir a pena da Indonésia.

O governo brasileiro deveria estar olhando melhor o próprio umbigo, vendo as suas falhas internas quanto ao cerco contra o tráfico, vendo o quanto é ineficaz em resolver os seus próprios problemas e deixar quem está realmente fazendo o seu direitinho lá fora

.11

O governo federal precisa entender que está perdendo a guerra dentro de casa, está ficando cercado em seus palácios enquanto os verdadeiros donos do país crescem cada vez mais dentro de seus barracos.
Mas a verdade é que o câncer já dá seus frutos de dentro do poder faz décadas e por isso não é parado facilmente, a força nacional para impedir tais traficantes (os donos de tudo mesmo) é pífia quando sabemos que muitos dos donos da droga distribuía por todo o país estão ade alguma forma próximos do poder.

Hoje morreu o brasileiro Rodrigo Muxfeldt Gularte por ser culpado de tráfico, mas alguém já se preocupou em listar todos os nomes de brasileiros que hoje morreram por overdose, por bala perdida, por envolvimento de alguma forma com as drogas em nosso país?? Claro que não…esses nomes serão apenas mais números em uma estatística que dá votos na próxima eleição, não dão atenção para as notícias…são comuns perante o interesse dos poderosos.

O fato é que enquanto a ‘guerra’ contra o tráfico está aí, os votos são ganhos todos os anos…resolver os problemas nem sempre é a solução boa para todos.

PROMO

Os grandes nunca vão presos.
Os grandes nunca vão presos.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s